É necessário que o seu navegador tenha o suporte a javascript habilitado para navegar neste site. Um amigo de Kafka
  • 00 item(s) - R$ 0,00
Seu carrinho de compras está vazio.
  • Um amigo de Kafka

Um amigo de Kafka

Pocket
Autor: Isaac B. Singer
SKU: 2326
Páginas: 320
Avaliação geral:

Reúne 21 contos de Isaac Bashevis Singer, considerado um dos maiores contistas e o mais aclamado ficcionista de origem judaica do século 20, e que apresenta nestas histórias personagens cujas vidas e situações são ao mesmo tempo reais e fantásticas. A cada conto mergulhamos num mundo de sonho.

R$ 30,00 no Cartão
Disponibilidade: Imediata

Descrição

Reúne 21 contos de Isaac Bashevis Singer (1904-1991), considerado um dos maiores contistas e o mais aclamado ficcionista de origem judaica do século 20, e que apresenta nestas histórias personagens cujas vidas e situações são ao mesmo tempo reais e fantásticas. A cada conto mergulhamos num mundo de sonho. 
Conhecemos a mulher que vê Hitler numa cafeteria em Nova York, um homem com uma tal força de pensamento que faz com que pessoas e animais ajam conforme sua vontade, um amigo que leva Kafka a um bordel, o historiador que reúne centenas de pássaros em sua casa e diariamente dá comida aos pombos da rua quando morre, seu funeral provoca uma revoada. E o que dizer do limpador de chaminés que cai da escada e se torna vidente, com toda uma nova visão da vida e do mundo ocasionada por um acidente prosaico?
Assim é a literatura de Isaac Bashevis Singer: cheia de personagens e situações tão incríveis quanto apaixonantes, em um universo de ficção sutil, tecido em filigrana, com a magia verossímil que o autor, no seu inconfundível estilo, domina com maestria.

Sobre o autor

ISAAC BASHEVIS SINGER

Nasceu em Radzymin, Polônia, em 1904, filho e neto de rabinos chassídicos. Sem vocação religiosa, seu primeiro emprego foi numa revista literária de Varsóvia, que editou seu primeiro romance em 1932. Três anos depois foi para Nova York, onde passou a trabalhar num jornal iídiche. Seguiu-se uma sucessão de contos e romances que lhe deram fama internacional. Mesmo após conseguir a cidadania americana, continuou a escrever em iídiche, colaborando com os tradutores que vertiam suas obras para o inglês. Seus livros foram adaptados para o teatro e o cinema. Em 1978, ganhou o Prêmio Nobel de literatura. Morreu em Miami, em 1991.

Avaliação dos Clientes

Seja o primeiro a avaliar este produto.
Newsletter